O bluff

Há duas formas de ganhar no poker. Com a melhor mão... ou simular que tem a melhor mão.

Acções premeditadas de decepção podem ajudá-lo a arrecadar as fichas dos seus adversários. Damos-lhe as ferramentas necessárias para fazer bluff. Utilize-as bem e será recompensado.

Como fazer bluff

Vamos entrar já em acção com um exemplo real decorrido num campeonatao mundial.

Imagine que está a jogar para o título mundial e recebe a seguinte mão:

Cartas de poker

E o seu adversário recebe as seguintes cartas:

Carta adversárioCarta adversário 2

Antes do flop, você aposta e o seu adversário paga para continuar em jogo. O pote já é bem pesado. No flop, são mostradas as seguintes cartas:

Flop

Nesta altura, o seu adversário tem a melhor mão, um Par de 10.

É a vez do seu adversário apostar e ele dispõe de uma mão que o justifica, mas ele decide passar para tentar surpreendê-lo mais tarde.

Você joga pelo suguro e decide também passar. No turn é revelada a seguinte carta:

Turn

O seu adversário decide apostar agora para tirar vantagem do par de 10. Você decide aumentar (raise) a aposta porque a sua mão não tem qualquer valor.

Você já tinha pensado nesta jogada porque quer ganhar o campeontato.

O seu adversário paga para continuar em jogo. Chegamos ao river:

River

O 4 de Espadas pouco altera o valor das duas mãos. O seu oponente passa.

É a altura ideal de efectuar o bluff e aumentar a aposta. Mesmo que o seu adversário tenha a mão mais forte com o seu par de 10, ele decide desistir da mão e você fica com o pote.

Porquê? O seu adversário julgou que a sua decisão de aumentar a aposta depois do turn foi um sinal de força.

Ele pode ter pensado que você tinha um Valete e um 8, à espera de terminar o seu straight, e teve receio de ter a pior mão.

Como? A importância desta lição é perceber que você não demonstrou qualquer sinal de fraqueza apesar do valor da sua mão ser muito inferior à do seu adversários.

Aproveitou o momento. Ele desistiu. Você ganhou.

Escolher o momento

Saber quando fazer bluff não é fácil. É preciso oportunismo e coragem. Considere as seguintes regras:

  • Nunca faça bluff no início de um jogo
  • Tente criar a imagem de um jogador sólido
  • Nunca faça bluff sobre o mesmo jogador duas vezes
  • Não faça bluff se ainda existirem 3 jogadores a seguir a si que ainda podem apostar
  • Faça bluff apenas quando o montante do pote o justificar
  • Faça bluff quando suspeitar que a mão do seu adversário é fraca

Preparação

O bluff precisa de ser preparado. Os outros jogadores precisam de identificar as suas apostas como sinais de força.

Precisa de ser convicente ao ponto de os seus adversários desistirem das suas respectivas mãos. Precisa de pensar em todas as alternativas – quantas cartas estão na mesa, quão fortes ou fracos são os seus adversários, quantos jogadores ainda estão a disputar a mão e qual é o montante do pote?

Está certo das suas percepções em relação aos seus adversários? Até que ponto estão dispostos a arriscar tudo para ganhar esta mão? Durante todo o jogo cuidou que a sua imagem fosse de um jogador sólido, incapaz de fazer qualquer bluff... porque é que os seus adversários hão de pensar que você é capaz de os enganar?

Lembre-se que, se for apanhado, poderá perder todas as suas fichas!